Ouvindo a intuição

Ouvindo nossa intuição podemos estar abrindo portas para novos caminhos. Ela se manifesta através de um pressentimento de algo que devemos fazer, um telefonema para alguém, comparecer a um jantar, visitar uma livraria, que nos permita encontrar alguém, um livro, ou uma situação favorável a uma idéia brilhante de ordem pessoal ou profissional.
A intuição não se manifesta pela nossa vontade, por isso precisamos desenvolver nossa sensibilidade para sua percepção e favorecê-la através de atitudes:
1 – Aceite os imprevistos com serenidade e bom humor – desarmado a mente fica aberta para o que acontecimentos inesperados possam trazer.
2 – Não leve a vida a sério demais – leveza e descontração permitem insight ligados a talentos e potencial.
3 – Seja receptivo a mudanças e situações desconhecidas, assuma riscos de vez em quando – surpresas forçam o cérebro a formar novas conexões entre neurônios.
4 – Evite se recriminar tempo demais por seus erros – a mente ocupada não permite atenção a pressentimentos e estalos.
5 – Dedique-se a alguma atividade artística ou criativa – dar asas a imaginação aumentam os insights.
6 – Tente executar mais de uma atividade simultaneamente, em vez de começar uma ao final da outra – mudar o foco possibilita a mente ligada a vários estímulos que contribuem para idéias inovadoras.
7 – Busque momentos de quietude durante o dia – pratique alguma atividade meditativa, a introspecção possibilita lampejos criativos e descoberta de dons.
8 – Brinque de adivinhar fatos – quem esta ligando, quem vai atender na fila do banco, esse treino ajudara a prever fatos.
9 – Imagine que o futuro lhe reserva mais sucessos que fracassos – autoconfiança e otimismo atraem a intuição e resposta positivas para sua busca.
10 – Acredite na ajuda que seus flashes intuitivos oferecem – é necessário cultivar a sensibilidade para eles.
 



O seu navegador não é recomendado para uma boa navegação neste site.
Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.
Saiba mais...
Google ChromeMozilla FirefoxApple SafariOpera