Carreira e Pós-Carreira

Lá se foi o tempo do conceito tradicional de carreira, que era ordenada por uma seqüencia de papeis, que levava o profissional ao aumento de responsabilidade, maior poder decisório, melhor remuneração e status diferenciado, não raro na mesma empresa, aonde viria a se aposentar.
As mudanças organizacionais, o cenário econômico e tecnológico das últimas décadas trouxe mudanças significativas.


No conceito contemporâneo, o individuo assume a responsabilidade de sua carreira, com uma seqüência de posições e trabalhos realizados, na maioria das vezes em empresas diferentes, inclusive em atividades diferentes. Denomina-se a carreira Proteona, conceito retirado da figura do deus grego Proteus, ao qual era atribuída a habilidade de mudar segundo sua vontade e circunstâncias.


Assim, a carreira antes dirigida pelo empregador, passa a ser auto-gerida, exige treinamento, aprendizado e busca de aprimoramento pelo próprio funcionário.


A carreira transcende os limites da empresa, a palavra chave passa a ser empregabilidade, ou seja, seus conhecimentos, habilidades e atributos que atendem as necessidades do mercado.


Por sua vez o mercado é mutável, e se faz necessário cada vez maior flexibilidade, para atender as novas tendências que surgem, e saber lidar com a ansiedade e o estresse inevitáveis.


A ancora de uma carreira é baseada na orientação natural para certas competências e experiências, mudá-la requer reavaliação fundamental de novas motivações profissionais.


Conhecer sua ancora, seus motivadores e o mercado de trabalho, aumenta a capacidade de desenvolver a carreira e atender o mercado de trabalho e atingir sua empregabilidade.


A realização do profissional é o sucesso psicológico do indivíduo, um sentimento de orgulho e satisfação em alcançar seus objetivos de vida, de felicidade pessoal, familiar e de paz interior, em contraposição à perspectiva tradicional que era de obter sucesso ao escalar os níveis hierárquicos da empresa.


Pensar na carreira é também é traçar seu Projeto de Vida prevendo a Pós Carreira, como um momento de mudanças concretas na vida, afastamento do seu papel formal e talvez produtivo de até então. Deve ser encarada como uma reorganização da identidade, espacial e temporal na vida, e coincide com a maturidade.


“Toda tarefa inacabada persiste na nossa memória” frase retirada da Gestalt, que nos leva a refletir, que velhos sonhos podem ser concretizados, novas realizações podem ocorrer, mas dependerá principalmente de planejamento e investimento pessoal na pós carreira.

Natalia Marques Antunes – Psicóloga Clínica, Consultora em Saúde Organizacional com Formação em Coaching (Life Self – Sistema ISOR)



O seu navegador não é recomendado para uma boa navegação neste site.
Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.
Saiba mais...
Google ChromeMozilla FirefoxApple SafariOpera